Sky Brown, a nova estrela do skate

Sky Brown nas Olimpíadas de Tóquio ela queria o ouro, mas teve que “se contentar” com a medalha de bronze, classificado em terceiro depois. A medalha de ouro foi conquistada pela japonesa Sakura Yosozumi, de 19 anos, e a de prata, por Kokona Hiraki, uma jovem patinadora artística japonesa de 12 anos.

É ela, Sky Brown, de mãe japonesa e pai inglês, a nova estrela do skate. Assistir ela girar na prancha é incrível: para frente e para trás no skatepark onde ela ganha cada vez mais velocidade. Aqui está ela, loira, capacete, cotoveleiras e joelheiras … Salte de uma parede baixa, mergulhe, deslize por uma rampa, salte segurando a prancha com uma das mãos ou girando-a sob você: uau, que loop!

UM CAMINHO DE TODO O RESPEITO

Sky é um talento e suas atuações impressionantes desde tenra idade percorrem o mundo através do YouTube e Instagram, atraindo a atenção de fãs e patrocinadores. Aos oito anos, a Sky participa do Vans Us Open Pro Series (vídeo abaixo), um dos eventos mais importantes do mundo do skate, e que já conquistou o recorde de competidor mais jovem da história. “Assim que aprendi a andar, imediatamente comecei a andar de skate. E quando eu tinha cinco anos, estava competindo com garotas muito mais velhas do que eu. Sempre pensei que se eles conseguissem, eu também poderia ter feito! No treinamento, “desafio” crianças, geralmente mais velhas, e até adultos. Nunca estabeleço limites ”, conta ele em entrevista


UMA CORRIDA INCRÍVEL

Aos 10 anos, Sky se tornou patinadora profissional e aos 11 ganhou a medalha de bronze no campeonato mundial. Este ano ele veio para Tóquio, para as Olimpíadas, e ele é o atleta mais jovem da história da Grã-Bretanha.. Liderando a equipe inglesa estão ela e Bombette Martin, de 14 anos, cujo objetivo é levar o skate aos níveis mais altos.i, mas o objetivo é acima de tudo fazer com que o público mais jovem se apaixone pelas Olimpíadas. Em uma entrevista ao The Guardian, ele disse: “Eu gostaria de poder mostrar ao mundo como o skate é divertido e criativo.”

UM ESPORTE PERIGOSO MAS …

O skate não é um esporte para se encarar levianamente, os riscos são muitos e a Sky certamente não esquece a queda que sofreu em maio de 2020, e não esquece que é necessário tomar todos os cuidados para praticar esse esporte; aliás, o capacete que usou durante o treinamento salvou sua vida … Na verdade, em maio passado ele foi vítima de um acidente gravíssimo. Quando sua cabeça caiu em uma rampa de 4,5 metros, a patinadora sofreu várias fraturas no crânio, um braço e uma mão esquerda fraturados e lacerações no coração e nos pulmões. Após o acidente, Sky não desistiu, pelo contrário, queria voltar ao skate imediatamente e seu lema é: “Tenha coragem, seja forte e divirta-se”.

Deixe um comentário