Luzes telúricas (ou luzes sísmicas): o que são?

No decorrer terremotos mais forte, como a intensidade de 7,1 na escala Richter que atingiu o México na noite de terça-feira, 7 de setembro de 2021, às vezes pode continuar a ver brilhos estranhos no céu, como nas cenas mais dramáticas de um filme apocalíptico. delírios? Explosões estruturais causadas pelo terremoto? Ou talvez seja o fenômeno de luzes telúricas (ou luzes sísmicas), que para a ciência ainda representa um grande ponto de interrogação …

O QUE SÃO LUZES TELÚRICAS?

Ao longo da história, existem muitos depoimentos que falam de relâmpagos misteriosos que ocorreram em conjunto com fenômenos sísmicos relevantes. Já em 91 AC o famoso naturalista Plínio, o Velho descrito em seu Historia Naturalis a presença de estranhas luzes no céu durante um terremoto perto de Modena e também nos séculos seguintes, da Idade Média aos tempos mais modernos, cientistas, escritores e até filósofos (até disse Kant!) relataram em seus escritos o avistamento do que agora chamamos de luzes telúricas.

Claro, os estudiosos modernos pegaram com um grão de sal o que foi relatado nos séculos passados, também porque devemos sempre ter cuidado com a confiabilidade das testemunhas, mas na era das fotos, smartphones e vídeos em tempo real, a existência desses azulados flashes que acompanham (ou mesmo prever) alguns terremotos continuam a intrigar a todos.

Vídeo do terremoto que afetou o México em setembro de 2021. Como pode ser visto nas imagens, estranhas luzes aparecem no céu durante o terremoto. Luzes telúricas?

POR QUE AS LUZES TELÚRICAS ACONTECEM?

Portanto, a pergunta de um milhão de dólares é: por que às vezes vemos relâmpagos no céu durante os terremotos mais intensos? A resposta, infelizmente, é que eu ainda não sabemos exatamente.

De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia, de fato, no momento o mundo científico apenas avançou algumas teorias que poderiam explicar o fenômeno, mas ainda não há evidências reais para apoiar essas teses. Em qualquer caso, entre as muitas explicações possíveis, existem atualmente duas teorias mais respeitáveis.

O primeiro refere-se à geração de campos elétricos causados ​​por Movimentos tectônicos que deformam rochas. O segundo, por outro lado, atribuiria a origem das luzes telúricas ao fenômeno da ionização de oxigênio de alguns tipos de rochas. De fato, durante o estresse causado pelo terremoto, íons, átomos que assumiram carga elétrica, podem subir no subsolo por meio de rachaduras nas camadas rochosas e, ao entrarem em contato com a atmosfera, desencadear uma reação. Capaz de dar origem a luzes telúricas. No entanto, isso não explica por que esse fenômeno não ocorre para todos os terremotos, mas apenas em alguns casos. Enfim, ainda falta estudar …

Deixe um comentário