Existe o umbigo do mundo?

Em 1995 Jovanotti ele tinha muito cabelo na cabeça e cantava a plenos pulmões “L’ombelico del mondooooo” … porque, o mundo pode ter um umbigo? Bem, você não tem que pensar nisso como aquele em sua barriga!

Se trata um idioma que tem raízes antigas e indica o ponto de onde tudo teria começado: a vida, a história, enfim, o centro do mundo. E então descobrimos que o mundo está cheio de umbigos.

OMBELS PARA TODOS!

Na verdade, toda civilização sempre tentou encontrar um lugar onde tudo começou.

Para o Inca, por exemplo, era a cidade de Cuzco, que em sua língua significa umbigo. Para o britânico desde a época vitoriana, o umbigo do mundo era uma praça em Londres: Circo piccadilly. Para os Chimanes da Bolívia o eixo do mundo é o rio Maniqui, Enquanto eu Dogon do Mali, o centro do mundo é norte de Penhascos de Bandiagara.

Para budistas Hinayana (Índia) Finalmente o centro do universo é o Monte Meru, onde vivem as divindades, enquanto a dos maias, por outro lado, foi ocupada por uma árvore ceiba.

EM GREGO “OMPHALOS”, OMBÉLICO

Porém, os primeiros a indicar o centro do mundo com “umbigo” foram os gregos.. Para eles estava em Delfo, uma cidade nas encostas do Monte Parnaso. A fama da cidade se deve ao culto a Apolo que ali tinha seu templo. De acordo com a mitologia grega, PARAChicken derrotou uma cobra parecida com uma fêmea que guardava o local sagrado., e tomou o lugar de sua mãe, Gaia, na adoração.

No túmulo da serpente, Apolo colocou uma pedra cônica, aumbigo (umbigo).

UMA CONCEPÇÃO DIFÍCIL DE MORRER

Mas essa ideia do umbigo pertence apenas a um passado muito remoto?

Na verdade, a busca pelo lugar de origem primordial nasceu antes que os antigos percebessem que a Terra era redonda – já os gregos no século IV-III aC. Eles teriam zombado dos planos terrestres – mas a descoberta da esfericidade de nosso planeta não fez desaparecer o conceito de “umbigo do mundo”. ISSO É Mesmo nós, modernos, não estamos isentos!

Um exemplo? Pegue qualquer mapa do mundo: a Europa sempre será no centro do mapa. Já nos Estados Unidos, o continente americano ocupará o centro dos mapas, enquanto em Pequim corresponderá à Ásia a ocupar o lugar de destaque.

Afinal, todos nós nos consideramos “o umbigo do mundo” …

Deixe um comentário