Números primos, os componentes básicos da matemática

A números primos Eles são muito importantes para a teoria dos números: conhecê-los significa começar a realmente aprender matemática. Vamos descobrir juntos!

QUAIS SÃO OS NÚMEROS PRINCIPAIS?

Um número primo é um número natural (ou seja, aqueles que normalmente usamos para contar) maior que 1, divisível apenas por 1 e por si mesmo. Por exemplo: 3 pode ser dividido por 1 e 3. É isso.

Outros exemplos? 2, 3, 5, 7, 11, 13, 17, 19, 23, 29: todos são divisíveis apenas por 1 e por si mesmos.

Um número maior que 1, mas com mais de dois números de divisão é dito ao invés composto.
Por exemplo: 2, 3 e 5 são primos, enquanto 4 e 6 não são. Na verdade, 4 é divisível por 1 e por si só, mas também por 2 . 6 é divisível por 1 e por si mesmo, mas também por 2 e por 3.

O único número primo par é 2, uma vez que todos os outros números pares também são divisíveis por 2 (bem como por 1 e por eles mesmos) e, portanto, não podem ser “primos”.

PORQUE SÃO IMPORTANTES?

Os números primos são muito importantes para a matemática de números inteirosEles têm sido estudados desde os gregos antigos (mas, pensando bem, quem inventou os números?) E, ainda hoje, existem cientistas tentando entender todas as possíveis aplicações matemáticas desses tijolos ou átomos da matemática.

Mario ferrari, um matemático italiano escreveu: «os números primos são i tijolos com a qual, usando a multiplicação como cimento, os outros números são construídos.

Você acha que os números primos são infinitos, assim como os números são infinitos? Não é seguro. No vídeo a seguir, o professor Mauro Palma nos conta o porquê (é contado de uma forma um tanto adulta, mas é um tema interessante e … curto!).

Deixe um comentário