Por que as gotas de água “espirram”?

Você já notou as dezenas de esboços causado por apenas um gota de chuva quando atinge o solo? Pode parecer um fenômeno trivial, mas é estudar da Universidade Inglesa de Warwick mostrou em 2017 como as coisas são muito mais complicadas.

PEQUENOS FENÔMENOS, GRANDES FORÇAS EM JOGO

Por trás do simples “respingo” de uma queda, há toda uma sequência de fatores devido a leis físicas complexas: as razões para o respingo seriam de fato encontradas no resistência que o ar se opõe ao líquido em queda (a gota deÁgua precisamente), impedindo que ele se expanda. Isso faz com que nossa gota se envolva em uma espécie de filme aéreo 50 vezes mais fino que um cabelo humano.

Este filme invisível toca a superfície antes do líquido, criando um pequeno obstáculo o que evita que a gota se assente uniformemente no local do impacto: na verdade, uma vez que o “envelope” se rompe de repente livre parte do líquido que depois jatos mais longeou com relação ao local da queda.

Por que a descoberta é científica?

Porque o fenômeno físico também pode ser aplicado em situações onde as forças são liberadas em quantidades muito maiores: um centímetro de ar pode impedir a expansão de um tsunami!

Conhecer o processo de um fenômeno físico também pode estabelecer as bases para usos práticos como construir ferramentas de precisão que precisam de fluidos para funcionar (por exemplo, aparelhos auditivos)

Deixe um comentário