Como se tornar um YouTuber: onde colocar e como mover a câmera

Na vida cotidiana, olhamos ao nosso redor, nos aproximamos ou nos afastamos das coisas para ter diferentes pontos de vista. Para fazer um vídeo bem feito, esses movimentos devem ser replicados com o objetivo. Então, como você move a câmera para obter o efeito desejado?

Vamos descobrir.

A REGRA DE 180 GRAUS

No set, a câmera representa o ponto de vista do observador. Obtenha, na próxima fase de montagem, a ilusão de continuidade visual (como se tudo realmente acontecesse diante de nossos olhos), é necessário tirar as fotos de posições não aleatórias.

O espaço de tiro utilizável é de apenas 180 graus.Portanto, o conjunto deve ser dividido em duas partes por uma linha imaginária e apenas uma dessas partes pode ser utilizada para a filmagem. Se mudarmos nosso ponto de vista usando o ar errado, seria difícil entender “quem sabe olhando para quem” ou onde exatamente os atores estão na cena.

VOCÊ TAMBÉM PODE USAR UM TRIÂNGULO

Você também pode fotografar usando o sistema de triângulos, que respeitando a regra que acabamos de descrever estabelece que todas as fotografias possíveis de um objeto podem ser tiradas. de três pontos dentro da área de 180 graus.

Cabe ao diretor indicar aos atores onde e como olhar para a câmera, para que haja sempre uma correspondência até nos olhares.

MOVIMENTOS DE CÂMERA

Agora que você sabe onde colocá-la, precisa entender como mover a câmera com alguma liberdade.

Os movimentos são usados ​​para energizar as cenas e dar ritmo ao filme, mas devem sempre ser usados ​​com cuidado para que o espectador não se sinta “tonto”. Há três movimentos principais: panorâmica, trilha e zoom.

  • Visão geral: É um plano obtido girando a câmera em seu eixo, da direita para a esquerda (ou vice-versa), de baixo para cima (ou vice-versa). Quando nos movemos horizontalmente, nós os chamamos de “pan”, enquanto aqueles que são verticais são chamados de “tilt”. O panorama é um movimento de câmera que apresenta ambientes ou pessoas. Em seguida, você pode obter panoramas de 360 ​​° em um círculo completo, que normalmente são usados ​​para dar uma sensação de desconforto (um exemplo clássico é a ansiedade do protagonista olhando ao redor perplexo).
  • Fotos do carrinho: Em filmes reais, os trilhos são usados ​​para deslizar a câmera, mas você pode simular o efeito usando-os manualmente. O objetivo é mover o ponto de vista em uma direção precisa, tentando manter a câmera imóvel o máximo possível e decidindo a velocidade mais efetiva para a cena. São várias opções: carro para frente, carro para trás, vista lateral, seguir em frente ou seguir (quando você antecipa alguém ou algo chegando).
  • Ampliação: O zoom oferece o mesmo tipo de movimento, ou seja, a aproximação ou saída de uma determinada cena: ao contrário do plano de acompanhamento, não utiliza meios mecânicos, mas a própria ótica da câmera. O que muda, em termos de exibição, é que ao dar zoom no fundo de profundidade, ele não parece mais uma visão feita pelo olho humano. O zoom deve ser usado com moderação.

Na nona lição do nosso Laboratório Social, vamos nos concentrar em dois acessórios fundamentais: microfone e luzes.

Veja também as lições anteriores:

1 – Como se tornar um Youtuber: o que é YouTube e como funciona

2 – Como se tornar um Youtuber: o que você precisa para começar

3 – Como se tornar Youtuber: o que e como ter vídeos

4 – Como se tornar um YouTuber: a ideia, o pôster e o roteiro

5 – Como se tornar um YouTuber: dicas para o primeiro vídeo

6 – Como se tornar um YouTuber: o que é preciso para usar

7 – Como se tornar um YouTuber: como usar a câmera

Deixe um comentário