Como se tornar um YouTuber: a ideia, o pôster e o roteiro

Os criadores são apreciados por seu conteúdo. Mas antes de gravar um vídeo Você tem que levar em conta o que vai fazer, quem contatar e, principalmente, quais os passos que o produto final vai dar. Então, como você se torna um YouTuber? Com muito muito planejamento!

OBJETIVO DE REFERÊNCIA

O que eu quero dizer? Esta é a primeira pergunta a se fazer. O segundo é: para quem eu quero contar O terceiro, como eu estou falando sério Essa sequência é um mantra que deve ser repetido todas as vezes, mesmo se você provavelmente já souber a resposta.

Quer queira contar uma viagem, avaliar um produto de alta tecnologia, um videogame ou uma série de televisão, você deve entender imediatamente quem serão seus espectadores em potencial. Os tópicos são obviamente infinitos, mas esses são os canais de tendência que geram mais tráfego: música, humor, filmes e entretenimento, jogos, moda e beleza, carros e motores, animação, esportes, tecnologia.

Se o que você deseja contar não pertence a essas categorias, não se preocupe, pois há espaço para todos no YouTube E quanto mais você escolhe um tópico de nicho, mais chances você tem de emergir com sucesso.

QUE TIPO DE VÍDEO

Essa amplitude de tópicos pode ser contada de várias maneiras. a linguagem visual na verdade, possui inúmeras possibilidades expressivas: a escolha de uma pode se tornar mais um elemento distintivo em seu processo de criação. Obviamente não é necessário adotar o mesmo estilo em todos os vídeos, mas principalmente no início essa escolha obriga você a trabalhar no seu Identidade visual e pode ajudá-lo a ser reconhecido no YouTube.

a opções principais São eles: tutoriais, resenhas, animações, entrevistas, documentários, vlogs (histórias em vídeo de experiências ou viagens), clipes engraçados (esquetes), vídeos musicais, vídeos ao vivo (ao vivo), web series, mixagens de vídeo (agregação de vídeos e materiais retirados de a rede).

O VÍDEO É UM PROCESSO COM MUITOS ELEMENTOS

Antes de começar a filmar, é essencial ter uma compreensão clara do que vai acontecer, quem estará envolvido e o que é necessário para fazer o vídeo que você tem em mente. O que você precisa é de uma lista de tarefas pendentes. Observe que existem essencialmente três estágios: pré-produção, Produção E pós-produção.

Na fase preparatória você deve ter criado o roteiro do filme, ter convocado os protagonistas do seu vídeo, ter preparado o set onde acontecerá a filmagem e consertado Toda a equipe que serve como câmera para as luzes.

Neste ponto, você pode começar a produzir o vídeo gravando todas as cenas de que precisa, incluindo tomadas alternadas que tornarão a edição mais dinâmica e performática inserir, ou aquelas tomadas específicas que podem realçar a história, como o pôr do sol, a passagem de pessoas na rua, o close-up do relógio para indicar a passagem do tempo.

A última fase, a pós-produção, envolve a narração de todos os materiais gráficos e de vídeo, a seleção de trilhas sonoras e efeitos de áudio, a escolha dos efeitos de vídeo e, finalmente, oedição (a montagem) do seu filme.

PRIMEIRO DE TODA A HISTÓRIA

Quando você tem uma câmera em mãos, o risco é usá-la livremente. Às vezes, pode ser um risco calculado porque é exatamente o que você deseja, mas na maioria dos casos, aperte o botão gravando sem ter ideias claras, apenas produz horas de vídeo que depois se tornam difíceis de usar. Na verdade, lembre-se que o vídeo é apenas uma ferramenta, o elemento essencial é sempre e apenas “a história”.

ESCRITURA: APENAS UM CONSELHO

Ser roteirista é uma profissão em si, que exige treinamento adequado, experiência na área e talento. O roteirista não é aquele que sabe escrever excepcionalmente bem, mas aquele que sabe imaginar.

Aqui está nosso conselho: antes de escrever, feche os olhos e entrar em cena O que você quer dizer? Fique em cena o tempo que for necessário para entender onde você está, com quem está, o que está acontecendo perto de você, mas também à distância. Neste ponto, escreva um Pequeno resumo do que você viu e então comece a moldá-lo com suas próprias falas e as de seus personagens.

Na quinta lição do nosso Laboratório Social tentaremos entender como finalmente implementar as ideias e como fazer um vídeo eficaz com algumas dicas de direção.

Veja também as lições anteriores:

1 – Como se tornar um Youtuber: o que é YouTube e como funciona

2 – Como se tornar um Youtuber: o que você precisa para começar

3 – Como se tornar Youtuber: o que e como ter vídeos

Deixe um comentário