Como você fez sem ele? Aqui está a vida sem conveniências modernas …

Você já pensou em como seria seu dia se você fosse catapultado há pelo menos 500 anos? Aqui está uma amostra de como era a vida sem as conveniências modernas …

UM DIA NO PASSADO

Primeiro, acorde de madrugada, para aproveitar o máximo de horas de luz do dia. Para se lavar você não teria o banho ou o afundar, mas a água (gelada) do poço ou o rio. Me faz precisaem vez disso, você deve usar um banheiro pequeno, fora de casa, ou um mictório. Tudo sem papel higiênico, que foi inventado muito mais tarde.

Para o café da manhã procure por leite em frigorífico? Você não vai encontrar – o aparelho apareceu apenas um século atrás. Está na hora de fazer o dever de casa? Esquecer o caso cheio de caneta: para escrever você deve usar um Ganso mergulhe na tinta. E se seus dentes doerem? Você poderia recorrer a extrator de dente mas infelizmente você não tem ideia do queanestesia

“Chega, estou farto, na verdade é demais!” está pensando. “Mãe, venha me encontrar agora mesmo!” Oh não, você não teria um smartphone – você teria que ir para casa a pé. E atenção, porque a recepção pode não ser das melhores: com aquelas manchas de tinta na tua camisa, sem dúvida corrias o risco de receber uma boa reprimenda. Para lavá-lo, aliás, a mãe deve mergulhe por uma noite inteira e depois esfregar a mancha sabe-se lá quanto tempo: não está aí máquina de lavar. Que dia terrivel. E você não consegue nem relaxar na frente da TV – ela ainda não existe. Todos para a cama com as galinhas!

COMO FOI FEITO SEM …

…Papel higiênico

Antes do século 19, ninguém sabia sobre o uso de papel higiênico. Em vez disso, eles usaram sai, pequena lenha isso é telha. Mas não só isso: os antigos egípcios, por exemplo, usavam o areia perfumada com óleos essenciais. Nos banhos públicos da Roma antiga, no entanto, eles foram disponibilizados para esponjas, que após o uso foram enxaguados em riachos de água corrente. O papel higiênico inventado americano Joseph C. Gayetty por volta de 1850.

…A máquina de lavar

A invenção da máquina de lavar também data de meados do século XIX. Antes, as pessoas iam ao rio ou a fontes públicas para lavar a roupa. O processo era muito demorado: as roupas tinham que ficar de molho durante a noite em enormes banheiras e, no dia seguinte, tinham que ser lavadas para ficarem limpas. esfregue vigorosamente com sabonete e pincéis! E ele Detergente? O que usamos hoje não existia, em vez disso, muitos usavam o cinzas.

… o smartphone

O telefone é uma invenção de um italiano: Antonio Meucci, emigrou para a América no século XIX. Antes disso, comunicar-se remotamente não era fácil. Além das letras tradicionais, alguns povos usavam i sinais de fumo ou o som de buzina (se as distâncias não fossem excessivas) ou recorreram a pombos-correio: pássaros aos quais uma mensagem foi vinculada. O primeiro telefone celular foi inventado em 1973, há menos de 50 anos.

…Cuecas

Hoje sair sem cueca é impossível. Porém, no passado, muitos povos andavam sem problemas com suas “joias” no ar: os gregos, por exemplo, não tinham nada sob suas vestes; os romanos, por outro lado, às vezes usavam uma tanga obtida com um pedaço de pano que é passado entre as pernas e amarrado na cintura (subligatula) O fim calça nasceu na Idade Média e deriva do latim calça, que significa “mudar”. Mas a virada veio no século 16, quando Catherine de Medici introduziu um maneira diferente de andar, não mais na Amazônia, ou seja, com as duas pernas ao lado, mas com o pé esquerdo no estribo e a perna direita horizontalmente na sela. Dessa forma, porém, havia o risco de mostrar mais do que o necessário. Então Catherine introduziu o uso de cuecas skinny de algodão ou moleskin.

… Anestesia

Dor de dente é um problema muito antigo: evidências de intervenções na boca foram encontradas já em tempos pré-históricos, realizadas com algumas espécies de brocas compostas por varas de madeira até 15 centímetros de comprimento ao qual foram fixadas pontas de pedra muito finas. No entanto, as intervenções tiveram que ser muito dolorosas: de fato, a anestesia foi introduzida no século XIX. Antes disso, golpes na cabeça, gelo e substâncias naturais como o ópio foram usados ​​para aliviar a dor.

O carro

Locomover-se não era tão simples quanto hoje – eles não existiam antes de meados do século XIX. trens nem aviões ou máquinas. No máximo alguns carruagem puxada por cavalos que acompanharam as pessoas mais sortudas que podiam pagar até seu destino Todos os outros se moviam a pé, a jumento ou a cavalo. E muitas crianças, não mais do que 100 anos atrás, caminhavam vários quilômetros para a escola todas as manhãs.

Eletricidade

A luz elétrica é uma invenção do século XIX. Antes, as casas eram iluminadas com velas ou com o lamparinas a óleo. Nas ruas da cidade, conforme o sol se punha, escurecia e quase ninguém vagava pelas ruas após o pôr do sol. As pessoas se trancavam em casa e passavam o tempo contando histórias ou lendo (quem poderia) livros à luz de velas.

Deixe um comentário