Tamarindo: o que é?

Nunca ouvi falar Tamarindo? Lembra-nos um pouco os nossos grãos de alfarroba e talvez, numa mercearia exótica, você tenha notado algumas vagens marrons barrigudas ou a massa que se faz com elas ou tenha lido esse nome no corredor de calda do supermercado. Você pode ter tido a sorte de fazer uma viagem para África E você já encontrou tamarindo com seus frutos pendurados?

Se você quer saber do que estamos falando, aqui estão todos os segredos dessa fruta única.

AS “RAÍZES” DO TAMARIND

Tanto a fruta quanto o tamarindo são chamados planta perene majestosa, cuja madeira vermelho-amarelada é utilizada na fabricação de móveis e baixelas, cujas folhas são muito valorizadas como alimento para bichos-da-seda -para produzir tecidos de melhor qualidade-, obtém-se das flores um mordente para fixar as cores aos tecidos. Mas estamos interessados ​​no fruta comestível, com um cheiro azedo, mas doce, quando atinge a maturidade.

A origem do nome desta leguminosa é árabe: tamar em hindi, “Data indiana”, mesmo que a origem do tamarindo tenha raízes na África Oriental, Madagascar e somente depois que ele se espalhou para áreas tropicais da Ásia, como Tailândia ou Sri Lanka, e também é cultivado na América Latina.

FRUTA: O QUE É E COMO USAR?

Dentro de vagens marrom na cor, até 15 cm de comprimento durante o amadurecimento entre a primavera e o verão, podemos encontrar 4 a 12 bagas. Uma vez quebrada a casca, encontramos as sementes esbranquiçadas cobertas por uma polpa pegajosa.

Tamarindo pode ser feito consumir fresco ou você pode fazer um massa, desde o Enxames ou de xaropes. Na culinária indiana, oriental e sul-americana, o tamarindo é um alimento básico por suas propriedades nutricionais. Também dois molhos famosos de origem inglesa, o Worcestershire e ele HP, usado em todo o mundo, tem o tamarindo entre os ingredientes.

Tamarindo
Vagens de tamarindo e seu precioso conteúdo
Créditos: Shutterstock

RECEITAS COM TAMARIND

Em Índia tamarindo é usado para preparar o Sambhar (sopa de lentilha e vegetais), arroz Pulihora (arroz basmati com tamarindo, castanha de caju, óleo, manteiga e muitas especiarias), o molho picante (compota agridoce típica da Índia à base de especiarias, açúcar, vinagre e frutas ou vegetais) ou a Curry (mistura de especiarias amassadas com pilão).

Em México costumava preparar sobremesas como eu Jarritos (doces feitos com tamarindo, açúcar e … pimenta em pó!) oi Pulparindos (jujubas recheadas com suco de tamarindo, que tendem a apimentar).

No sudeste da Ásia, o tamarindo se torna um lanche, é servido seco, na forma salgada e cristalizada. Esta versátil baga pode ser transformada em um xarope para fazer bebidas geladas e matar a sede, tão usada em todo o mundo que também se fazem picolés. Você já tentou fazer você mesmo com modelos de propósito?

POR QUE TAMARIND É BOM PARA SUA SAÚDE?

O tamarindo, na verdade, possui inúmeras propriedades benéficas, além de ser rico em fibras e proteínas e seja bom e sacie sua sede. Tem uma ação antioxidante Y integra a perda de minerais e vitaminas, ajuda mantenha seu nível de açúcar no sangue baixo (o nível de açúcar no sangue). É indicado para dores abdominais, prisão de ventre, febre, malária, tanto que em alguns países é utilizado da mesma forma que medicamento, por exemplo, na medicina ayurvédica indiana (cuja eficácia, no entanto, lembramos, não está cientificamente esclarecida).

HISTÓRIA E CURIOSIDADES

Um provérbio oriental diz: “quem planta tamarindo não colhe tamarindo” porque o crescimento da planta é bastante lento (embora também chegue a 30 metros de altura), tanto que vai demorar muito para ver os frutos. Agrônomos negar, há cerca de 6 anos a planta torna-se produtiva.

Tamarindo
Planta de tamarindo
Créditos: Shutterstock

Mas quando chegou à Europa? Já durante Cruzadas alguns espécimes de tamarindo foram importados para o nosso continente e no século XIX, sob a Rainha Vitória, o Colonizadores ingleses na Índia, eles trocaram. Há uma história engraçada sobre esse período: os ingleses que viveram em Vamos para, uma grande cidade na costa oeste da Índia, guardava uma vagem de tamarindo quando ia para a vizinhança dos nativos para mantê-los afastados, pois pensavam que essas frutas eles eram habitados por demônios. Em resposta, os índios começaram a chamar os colonos de “cabeças de tamarindo”.

Na Itália, ele fez sua estreia em 1898, graças a Erva de tamarindo, um xarope que, diluído em água, se tornou um bebida muito refrescante. Também fez muito sucesso graças à embalagem original com que foi vendida: uma garrafa quadrada, com rótulo laranja e personagens “de antigamente” que contam a história e as virtudes do produto.

Bom pessoal, se vocês experimentarem agora, vocês saberão um pouco mais e não se esqueça dos nossos amigos fofos que também gostam muito.

Deixe um comentário