Truque de matemática: pares de 10

Porque os professores são tão teimosos sobre pares de 10? Porque são uma ferramenta importante a adicionar.

Na verdade, as adições parecem fáceis, e são se formos fluidos e “em forma”, mas para alguns podem ser complicadas. E todos nós cometemos erros de cálculo, alguns mais, outros menos.

Os pares de 10 são, portanto, uma das ferramentas para “administrar as coisas com calma”.

1 + 9 = 10 2 + 8 = 10 3 + 7 = 10 4 + 6 = 10 5 + 5 = 10

COMO USAR

Digamos que tenhamos que calcular 13 + 28. Não há um par de 10 à vista. Ainda escondido, escondido, podemos encontrar um (ou, se desejar, outro).

Sabemos que 3 está emparelhado com 7. E então podemos decidir calcular 13 + 27 + 1.

Por que fazemos isso? Porque 1 é o que falta para ir de 28 para 27 e com esta escrita a soma permanece a mesma e é … mais fácil de calcular.

Na verdade, agora podemos facilmente fazer 13 + 27 (com o par de 10 que desenhamos em jogo), que é 40 e isso soma 1: a soma é realmente 41.

MÉTODO ALTERNATIVO

Outra maneira de fazer as somas, além do método clássico de “coluna”, é por adicionar blocos. Tem a desvantagem de vamos dar mais um ou dois passos, mas tem a grande vantagem de vamos fazer os passos simples primeiro – para que pelo menos algo seja feito – e então nos concentramos nas dificuldades.

Veja este exemplo: você precisa calcular 472 + 156. Em uma adição como essa, o problema é o Prosseguir. Então, primeiro fazemos todos os cálculos não traduzíveis: as centenas e os uns não são contabilizados como somas (4 + 1 = 5 e 2 + 6 = 8).

Portanto, temos 472 + 156 = 578 + 50, fácil, certo?
Agora temos uma única soma “rígida” para nos concentrarmos: 6 + 5 = 12 – ou melhor, “2 com transferência de 1”. E temos 628.

Isolar a dificuldade e tratá-la com a devida atenção, sem a “perturbação” de passos simples, é uma ajudinha importante.

Deixe um comentário