A pré-história do esporte

Partidas que duraram indefinidamente, gols sem travessas, árbitros inexistentes … e isso é apenas para nos limitarmos ao futebol. Desde que nasceu, o esporte teve regras que hoje nos parecem muito estranhas. e muitas vezes completamente diferente de um país (ou mesmo de uma cidade) para outro. Somente com o passar dos anos, sentiu-se a necessidade de padronizar as regras, para poder competir em campeonatos e competições internacionais.

FUTEBOL AMERICANO

Velódromo Umberto I em Torino, 8 de maio de 1898: Internazionale Torino e Football and Cricket Torino se encontram às 9h. Aos 11, partida de ginástica entre Gênova e Torino. A final entre os vencedores foi disputada às 3 da tarde entre Génova e Internazionale. Foi o Génova quem ganhou uma placa, a Taça Duca degli Abruzzi e o primeiro campeonato italiano de futebol, que durou … um dia (e dois “dias”)! Infelizmente, a data é famosa por outro motivo: em Milão, o general Bava Beccaris abriu fogo contra a multidão que protestava contra o aumento do preço do pão, matando mais de 100. O futebol chegou à Itália na década de 1880. Surgiu em Gênova, Milão e Torino, cidades em expansão, com grande circulação de homens e intercâmbio com todas as nações europeias. O esporte era feito para se divertir, tanto que os treinadores do Gênova tiveram que pagar seus próprios impostos para manter o time.

O Camisetas eram uma mercadoria preciosa: o Pro Vercelli, um dos times mais fortes da época, escolheu a camisa branca porque todo garoto tinha uma no armário. No primeiro campeonato, as travessas eram feitas de uma corda simples, enquanto junto aos portões os jogadores colocavam suas roupas civis em cestos com os quais chegavam ao campo. Foram outras vezes, parece mesmo outro esporte. Pelo menos de alguma forma. Para outros, entretanto, parece que, infelizmente, pouca coisa mudou.

Já em 1927 estouraram os primeiros escândalos: Torino, ao vencer a Juventus, ganharia o campeonato. O Dr. Nani, responsável pela granada, por intermédio de um conhecido seu que estudou na Politécnica de Torino e se hospedava na mesma pensão que Luigi Allemandi, lateral-esquerdo da Juventus, tentou subornar o jogador. O acordo parecia ter sido alcançado: metade do dinheiro imediatamente, metade com o resultado alcançado. Mas Allemandi estava entre os melhores em campo e a Juve venceu. À noite, Nani discutiu ferozmente com o jogador da Juventus, que queria que o resto concordasse. No entanto, um jornalista também ficou na pensão, que ouviu de tudo e contou a história da luta no jornal. Resultado? O de 1927 foi o primeiro campeonato não concedido.

VÔLEI

Você costuma jogar em mintonette e você não sabe. É esporte, derivado de badminton (ou seja, volante) inventado em 1895 por William Morgan, prof. de Educação Física na escola de Holyoke (EUA). Seu superior, porém, não gostou do nome e mudou para … vôlei (ou seja, voleibol). Porém, mais do que nos Estados Unidos, o jogo fez sucesso primeiro na América Latina e depois na Ásia. A altura da rede (para homens) ao longo dos anos passou de 198 para 200, 213, 228, 227 para os atuais 243 cm.

As equipes são compostas por apenas 6 jogadores desde 1953. No início não havia um número preciso (bastava que fossem iguais nas duas equipes), depois jogaram com equipes de 16 e 12. E até 1922 dava para tocar a bola quantas vezes você quiser antes de enviá-la para a outra quadra.

BASQUETEBOL

Também nos Estados Unidos, em Springfield, alguns anos antes (1891) James Naismith, outro professor de educação física, procurava um jogo adequado para manter os jogadores de futebol treinados. beisebol isso é futebol americano Americano durante o inverno, era mais divertido do que ginástica. Naismith, nascido no Canadá, lembra de um jogo de sua infância, Pato em uma pedra (pato na pedra), em que a regra principal era a parábola de uma pedra.

Em duas semanas, ele apresentou o regulamento do basquete à faculdade, um nome derivado das cestas de vime de pêssego penduradas nas duas extremidades do ginásio. Cada vez que um ponto era marcado, a bola tinha que ser recuperada da cesta com uma escada! Na Itália, as regras foram traduzidas já em 1907 por Ida Nomi Venerosi Pesciolini, professora da comissão técnica feminina da Federgimnástica. O esporte foi apresentado em Veneza com o nome de bola no círculo e durante anos foi considerado um esporte “para mulheres”.

TÊNIS

O jeu de paume, (“Jogo da palma”, porque era jogado com a palma da mão), é o ancestral do tênis. Na França, foi alvo de apostas pesadas e tornou-se tão popular que Carlos V (1338-1380) tentou limitar sua propagação durante a Guerra dos Cem Anos, porque os soldados preferiam jogar a lutar (como culpá-los?).

Outros reis franceses, no entanto, eram apaixonados por isso. Também: Louis X morreu do esforço após
reproduziu! Porém, o tênis de hoje nasceu no final do século 19, quando o major inglês Wingfield escreveu dois livros sobre as regras do jogo, patenteou as redes e definiu o equipamento: 2 raquetes, 8 bolas, 2 postes. O nome deriva do francês tenez (take), advertência obrigatória que acompanhava o lançamento inicial.

RUGBY

As universidades inglesas praticavam um esporte com bola, cada uma aplicando diferentes variações das regras do futebol, até que Cambridge, em 1863, decidiu proibir o tackle e a habilidade de correr com a bola na mão; O Rugby College levantou-se e retirou-se em protesto (na verdade, tinha sido um Estudante de rúgbi, em 1823, inventando … rúgbi, pegando a bola nas mãos durante uma partida e passando-a sobre a linha de base). A bola oval chegará em 1871.

ESQUI. Mover a neve em pedaços de madeira era uma exigência do homem desde os tempos pré-históricos. Quando o esqui se tornou um esporte de massa, a partir de 1960, a ferramenta começou a se aprimorar e se diversificar: os esquis cross-country são finos (menos de 5 cm) e sem bordas, os esquis downhill são mais largos, aqueles passeio grátis, para fora de pista, largo e leve para flutuar na neve fresca, aqueles de estilo livre muito elástico e com pontas arredondadas em ambas as extremidades, para ir para a frente e para trás. É um exemplo de como as inovações tecnológicas “criaram” o esporte.

SALTO ALTO

No atletismo, há outro exemplo. Antes de 1960, os atletas saltavam com chute em tesoura, depois com o estilo ventral, ou seja, olhando para baixo, pois caíam em buracos cheios de areia, como no salto em distância.

A introdução de colchões de borracha permitiu que Dick Fosbury, um atleta americano, inventasse a escalada nas costas, em que a cabeça e os ombros passam primeiro pela barra, depois as pernas e por fim os pés: não havia mais risco de lesão e o recorde passou de 1,97 m (tesoura) para 2,35 (ventral)! 2,45 de corrente!

Deixe um comentário