Como estudar bem em casa: 7 dicas aprovadas por cientistas

Seja presencial ou DAD, apenas uma coisa não mudou (e nunca mudará): para aprender coisas novas você tem que estudar e não há ajuda tecnológica a ser transportada. Basta ir até os livros e se concentrar um pouco!

No entanto, isso não significa que não existam sistemas para otimizar esse processo de aprendizagem. Se você conseguir encontrar um método para estudar bem, de fato, verá que as dificuldades não serão tantas!

Para ajudá-lo, portanto, encontramos 7 truques “comprovados” por cientistas para aprender o que você está lendo com facilidade. O oitavo, no entanto, nós damos a você: tente Ser apaixonado ao que você lê e ouve. Se houver paixão, tudo se torna mais fácil. Até estudando.

1 – DETALHE DOS OBJETIVOS

O método do tomate”, idealizado pelo estudante italiano Francisco Cirillo, é usar um cronômetro de cozinha (no caso dele, tinha o formato de um tomate, daí o nome) para marcar o tempo: 25 minutos de estudo, 5 minutos de descanso. Quanto mais tomates você “conquistar”, mais você será estimulado a trabalhar para alcançar os outros.

2 – EVITE DISTRAÇÕES

Quando você estuda, deixe seu smartphone e computador em paz (com TikTok, Instagram e afins). Experimente um software que “bloqueie” bate-papos e mensagens por um determinado tempo: por exemplo, por exemplo Peru frio para pc e auto-controle para Mac. Ou em um smartphone, basta usar modos “silencioso” ou “ar”.

3 – LER EM VOZ

Assim, de acordo com uma investigação do Departamento de Psicologia da Universidade de Waterloo, Ontário (Canadá), seu cérebro Ele “registra” as informações de duas maneiras, visual e auditivo. Ler em voz alta também o prepara para a apresentação oral, pois enquanto lemos, também ouvimos nosso tom de voz.

4 – ESCREVA À MÃO

Anote com caneta ou lápis, em vez de com o PC, é importante lembrar mais. Isso foi demonstrado por um estudo de 2010 coordenado entre universidade stavange, na Noruega, e a Universidade do Mediterrâneo (França). Se você enriquecer suas anotações com desenhos coloridos e escrita (como em mapas mentais) Melhor ainda!

5 – DIVIDIR O TRABALHO EM “CAPÍTULOS”

um estudo del Departamento de Anatomia e Neurobiologia da Universidade da Califórnia (EUA) mostrou que estudar alguns dados de cada vezAo finalmente verificar o que você lembra, você aumenta seu poder de memória.

6 – TESTE VOCÊ MESMO

Teste seus conhecimentos imediatamente (tendo sua família ou um amigo questionando você via webcam) fortalece as habilidades de memorização: diz um estudo de Universidade de Washington em St Louis (Usar).

7 – REVISÃO RÁPIDA ANTES DE DORMIR

uma investigação deHarvard Medical School em Boston (Estados Unidos) mostrou que o cérebro, durante o sono, melhorar a informação recém-recebido. Mas não estude quando você já está na cama: estimular a atividade cerebral antes de adormecer prejudica o sono!

OS TRUQUES DO CAMPEÃO: MAPAS MENTAIS

Quem melhor do que uma amostra de memória pode lhe dar dicas úteis para… memorizar? Aqui estão os truques de Mateus Salvo, Mestre internacional da memória nos campeonatos mundiais de memória e especialista em mapas mentais (você também pode encontrá-los em matteosalvo. com).

«Para o italiano, a história, a geografia e a ciência tentam usar mapas mentais, ou seja, resumos visuais de conceitos agrupados com palavras-chave. No entanto, para memorizar um novo termo em inglês, o associações de imagem“.

Para lembrar de você olho (olho), por exemplo, pense em alguém que coloca algo no seu olho e você diz “ai” (que é como se pronuncia olho).

Deixe um comentário