10 dicas para evitar estressar seu gato

Você é um amante de gatos? Você tem uma bola de cabelo bonita que vira você por acaso? Então você deve saber que o gato é uma criatura muito particular, que precisa de muita atenção para manter uma boa saúde.

Portanto, aqui estão 10 dicas não muito exigentes para aliviar o estresse do seu gato e torná-lo mais feliz.

1 – CAMA GRANDE E LIMPA
Gatos não são apenas animais muito limpo, mas eles também são lindos “precisini”. Portanto, sua cama deve ser confortável, espaçosa e livre de resíduos orgânicos (cocô e xixi, para entender). Assim que o gato fizer o bisognino então seria bom limpar o mais rápido possível a areia …

2 – ESPAÇOS PESSOAIS

É sabido que nossos amigos felinos, por mais adoráveis ​​que sejam, têm um caráter muito distinto. Esses animais, de fato, precisam de seus espaços e de vez em quando sentem necessidade de se isolar e fique um pouco por conta própria. Se você não quiser estressar seu gato, certifique-se de que ele tenha um canto próprio (canil, cobertor, travesseiro) onde ele possa escapar da agitação de casa.

3 – JANELA COM VISTA
Esses gatos pretensiosos também apreciam a vista e não é incomum que subam nas janelas para poder observar o mundo lá fora com atenção. É por isso que é importante que nosso inquilino bigodudo também tenha um espaço reservado perto da janela onde você pode se enroscar e admirar o horizonte.

4 – OS RISCOS
Por mais irritante que esse hábito possa parecer, o gato realmente sinto a necessidade de coçar. Faz parte de sua natureza. Quando afunda as unhas em uma superfície, o cérebro do gato libera Feromônios, uma substância que causa sensação de bem-estar. Por isso é bom arrancar um raspador e conformar-se com o fato de que o sofá nunca mais será o mesmo …

5 – O JOGO

Através do jogo os gatos eles se movem e se divertem. É por isso que não devem faltar bolas, fantoches ou brinquedos de borracha para animais.

6 – ÁREAS SEPARADAS

Você comeria na mesma sala onde toma banho ou vai para o corpo? Não? Bem, nem mesmo gatos. Portanto, a areia e o prato de comida devem ser separados e, se possível, colocados em diferentes cômodos da casa.

7 – TREINADORES E DIETOLOGISTAS

O dono de um gato não está sozinho ele não é um verdadeiro professor (Você quer mandar: o gato sempre fará o que deve), mas também deve integrar suas responsabilidades atuando como nutricionista e personal trainer. Um gato mal alimentado e sempre em movimento provavelmente também é um gato mais longo.

8 – PRÊMIOS

Dizer “bem” para ele quando ele está se comportando e recompensá-lo com carinhos e abraços (ou talvez algo mais crocante) é uma ótima maneira de fazer nosso amigo peludo se sentir apreciado.

9 – COABITAÇÃO SIM, MAS INDEPENDENTE …

Se vários gatos moram em uma casa, cada um deve ter sua própria caixa de areia, sua própria tigela, seu próprio espaço de dormir, etc. Ter muito em comum não é para eles: são gatos, não hippies!

10 – W HEIGHTS

O gato adora desprezar todos tanto metaforicamente … quanto literalmente. Esses animais de fato eles amam escalar e chegar aos pontos mais altos da casa. Portanto, guarde as bugigangas em local seguro e talvez facilite a “escalada” com a disposição adequada dos objetos domésticos (os mais resistentes).

Deixe um comentário