Acessórios: o que são?

A acessórios são elementos que “completam” o significado da frase, especificando ou enriquecendo outros componentes da própria frase. Complementos na prática diga-nos outra coisa sobre uma ação (por exemplo, quem a executou ou quem a sofre), um atributo, etc.

A primeira grande distinção dessa tipologia sintática é entre complementos diretos e indiretos. O primeiro conectar ao elemento dominante “diretamente”, sem a necessidade de proposições, o último em vez Usar preposições ou frases para ligar ao elemento que contém a frase.

COMPLEMENTOS DIRETOS

  • COMPLEMENTO DE OBJETOS: um dos acessórios mais importantes e usados. Complete o predicado verbal indicando o assunto da ação e responder a pergunta “quem que?”

    Antigo: Eu comi uma pizza -> “Eu comi” o quê? Uma pizza. “Una Pizza” é o complemento de objetos
    Anna cumprimenta Marco -> Quem cumprimenta Anna? Quadro.
    O complemento do objeto só pode ser mantido por Verbos transitivos.

  • COMPLEMENTO DO ASSUNTO PREDICATIVO: é um substantivo ou adjetivo que, completando o significado do verbo, refere-se ao tópico.
    Antigo: Alessandro Manzoni é considerado um grande escritor.
  • COMPLEMENTO DE PREGAÇÃO DO OBJETO: é um substantivo ou adjetivo que, completando o significado do verbo, refere-se ao objeto.
    Antigo: Muitos consideram Alessandro Manzoni um grande escritor.

COMPLEMENTOS INDIRETOS

Eles são divididos de acordo com o tipo de informação que expressam.

    • SUPLEMENTO DE ESPECIFICAÇÕES: “De quem? De quê?”
      Antigo: O carro por Lorenzo
    • AGENTE EFICIENTE / SUPLEMENTO DE CAUSA: “De quem? De quê?”
      Antigo: Fui parado pela polícia de trânsito
    • SUPLEMENTO DE PRAZO: “Para quem? Para quê?”
      Antigo: eu chamo no restaurante para cancelar a reserva.

      SUPLEMENTO DE CAUSA: “Por quê? Por que motivo?”
      Antigo: Meu avô ouviu para os muito quentes (devido ao clima muito quente)

    • COMPLEMENTO DO VEÍCULO / INSTRUMENTO: “Com que meios? Com ​​que instrumento?”
      Antigo: Cheguei em roma por avião
    • SUPLEMENTO FINAL: “Por quê? Com ​​que propósito? Com ​​que propósito?”
      Antigo: Estou trabalhando duro para passar o exame
    • SUPLEMENTO DE FORMULÁRIO: “Como? De que maneira?”
      Antigo: O vizinho chato tratou Sandro muito friamente.
    • SUPLEMENTO DE TÓPICO: “Sobre o quê? Qual tópico?”
      Antigo: O livro geografia
    • SUPLEMENTO DE NOME: “que nome?”
      Antigo: A cidade de Barcelona
    • LOCAL COMPLEMENTAR:
      – ESTADO EM LOCAL: “Onde?”
      Antigo: Giulio conheceu seu amigo na Praça

      – BICICLETA PARA O LUGAR: “Para qual lugar?”
      Antigo: Vou embora em casa

      – MOTOCICLETA DE LOCAL: “De onde?”
      Antigo: Elisa voltou da escola cerca de 15,00
      – MOTOCICLETA POR LUGAR: “Onde?”
      Antigo: Eu peguei o atalho para os campos
      – EXTRAÇÃO / SEPARAÇÃO: “De onde (vamos)?”
      Antigo: O bombeiro foi embora De perigo

    • SUPLEMENTO DE TEMPO: “Quando? Por quanto tempo?
      Antigo: O médico me recebeu depois de três quartos de hora
    • SUPLEMENTO DE IDADE: “Com que idade?”
      Antigo: Ele se casou aos 30 anos
    • SUPLEMENTO DE ABUNDÂNCIA / ORIGEM: “Em que é pobre? Em que é abundante?”
      Antigo: Me pare sem dinheiro
    • COMPLEMENTO EMPRESA E SINDICATO: “Com quem?
      Antigo: Por que você apareceu? com seus pais?
    • COMPLEMENTO DE ORIGEM / ORIGEM: “De onde? De que origem”?
      Antigo: O trem de Napoles para Roma ele estava atrasado
    • COMPLEMENTO DE QUALIDADE: “Com quais características?”
      Antigo: Federica colocou o colar pérola e o vestido verde.
    • SUPLEMENTO DE COMPARAÇÃO: “Mais do que quem? Menos do que quem?”
      Antigo: Simona é mais alto que Margarita Pizza
    • SUPLEMENTO DE LIMITAÇÃO: “Sobre o quê?”
      Antigo: Giovanni é um dragão em inglês
    • SUPLEMENTO DE ASSUNTO: “Que material?”
      Antigo: O cinto de couro
    • SUPLEMENTO DE CULPA: “Por que culpa?”
      Antigo: Ele foi preso para roubo
    • VANTAGEM / DESVANTAGEM ADICIONAL: “Para benefício de quem? Para quem?”
      Antigo: Ele fez tudo que podia para o filho favorito.
    • COMPLEMENTO PARTITIVO: “Entre quem? Entre o quê?”
      Antigo: A professora escolheu entre os alunos mais estudiosos
Continue verificando!

Conjunções: o que são?

Nome: raiz e final

Advérbios

Deixe um comentário