A Justiça e o Fogo

O documentário Fogueira de Xangô – A Corte do Rei mostra como acontece a homenagem a um dos orixás mais importantes do Candomblé baiano. Filmado no terreiro Ilê Axé Oyá Mesi, no bairro de Fazenda Coutos, em Savador (Bahia), o culto é explicado através dos depoimentos da Ialorixá Mãe Carmem de Oyá e da Ekéde e Mãe-Pequena Cristielle França. O documentário dirigido por Bruno Brasil foi feito como produto de conclusão do curso de Jornalismo da Faculdade de Comunicação – Universidade Federal da Bahia.

Roteiro, direção e produção: Bruno Brasil
Imagens e Som: Bruno Brasil e Gilberto Rios
Edição: Bruno Brasil
Coordenação: Simone Bortoliero
Assistente de Produção: Cristielle França

Participe do curso de Mitologia Afrobrasileira

15 e 16 de Agosto – São Paulo-SP

28 e 29 de Agosto – Porto Alegre-RS

12 e 13 de Setembro – Rio de Janeiro-RJ

Informações por telefone, email ou pelo formulário de comentários

Consulte a ementa do curso

21 983931078 (TIM e whatsapp)

jdlucas.contato@gmail.com

1 ciclo
Depoimentos: Carmem França (Ialorixá), Cristielle França (Ekéde e Mãe-Pequena)
Trilha: Deus do Fogo e da Justiça (Virgínia Rodrigues), Canto de Xangô (Virgínia Rodrigues)
Música encerramento: São João Xangô Menino (Maria Bethânia)
Realização: Universidade Federal da Bahia e Faculdade de Comunicação
Apoio: LabVideo
Ano: 2014

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s