A Pele Eliminada

Um mito melanésio sobre a morte e a passagem do tempo.

No começo os homens nunca morriam, mas quando atingiam determinada idade eliminavam a pele como as cobras e os caranguejos, e tornavam-se jovens outra vez. Depois de um certo tempo, uma mulher que estava ficando velha foi a um regato para mudar de pele. Desfez-se da pele velha lançando-a a água e notou que ao ser levada pela corrente a pele ficou presa num galho seco. Depois voltou para casa onde tinha deixado o filho. Este, contudo, recusou-se a reconhecê-la, e disse chorando, que sua mãe era uma velha, diferente dessa jovem estranha; e assim, a fim de acalmar a criança, a mãe voltou ao regato em busca de seu tegumento eliminado e vestiu-o novamente. Desde então os seres humanos deixaram de eliminar a pele e começaram a morrer.

Anotado por Mircea Eliade em O Conhecimento Sagrado de Todas as Eras, editora Mercúrio, página 95.

A Melanesian myth about death and the passage of time.

At the beginning, humans never die, but when they reached a certain age eliminated the skin like snakes and crabs, and became young again. After a while, a woman who was getting old was a stream to change skin. Broke up the old skin throwing her water and noticed that the current be carried by the skin stuck in a dead branch. Then returned home where he had left his son. This, however, refused to recognize it, and said, weeping, that his mother was an old, different this strange young man, and so in order to calm the child, the mother returned to the creek in search of his integument and eliminated dressed again. Since humans failed to remove the skin and started to die.

Mircea Eliade, in Essential Sacred Writings From Around The World, ed. Harper & Collins

Para receber outras postagens como essa na sua caixa de e-mail, subscreva seu e-mail na guia ASSINE.

Grande abraço!

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s